Viajando com sua Calopsita

Viajando com sua Calopsita

tmp_10035-images-1920176447

Você vai viajar e pretende levar sua calopsita? Existem providências a serem tomadas. Se a viagem for de carro, ônibus ou de avião, não importa! Há necessidade de tirar GTA para evitar problemas com polícia florestal e fiscalizações.

 

Exemplo de Guia de GTA. (Foto/Reprodução – Google)

Exemplo de Guia de GTA. (Foto/Reprodução – Google)

O quê é GTA?

A Guia de Transito Animal (GTA) é um documento oficial do MAPA para transporte de qualquer espécie animal. Apenas animais considerados domésticos como cães e gatos estão isentos da Emissão de GTA , mediante algumas condições. As calopsitas, embora consideradas “aves domésticas”, também necessitam dessa autorização.

 

Para mais informações acesse: http://www.niaas.com.br/gta-guia-de-transito-animal/

 

Leia Mais sobre a Calopsita Legalizada AQUI!

Viagem por avião

Devemos no programar com antecedência para que tudo dê certo. (Foto/Reprodução – Fabiana Guimarães|My Dear Pet)

Devemos no programar com antecedência para que tudo dê certo.
(Foto/Reprodução – Fabiana Guimarães|My Dear Pet)

Procure se informar com a companhia aérea que irá utilizar, para saber maiores informações e possíveis exigências particulares desta companhia, mas as medidas básicas a serem tomadas seguem abaixo:

1. Marcar a data da viagem e providenciar a GTA

Você pode fazer isso através do Serviço de Sanidade Animal do Ministério da Agricultura. A GTA também pode ser feita através de veterinário ou clínica credenciados. A GTA é válida por 3 dias, por isto, confirme antes a data da viagem.

E se a viagem for internacional?

Nesse caso é necessário o Certificado Zoossanitário internacional (CZI) que é emitido pelos postos do Ministério da Agricultura localizados nos aeroportos internacionais. A CZI é gratuita.

Para maiores informações acesse: http://www.newmon.com.br/transportedeanimais.htm

Transporte adequado para viagens de Avião. Foto/Reprodução – Aldrina Honorato|Facebook)

Transporte adequado para viagens de Avião. Foto/Reprodução – Aldrina Honorato|Facebook) Viagem de Avião transporte ideal

 

2. Providenciar caixas de transporte adequadas e contato com a empresa

Os pássaros devem ser colocados em caixas de transporte adequadas para sua própria segurança

e conforto. Não é permitido despachá-los em gaiolas de forma alguma. Além disso é preciso entrar em contato com a empresa aérea com antecedência, fazer a reserva do transporte, informar o peso da ave e a dimensão da caixa de transporte.

A caixa de transporte deve ser de acordo com as especificações da empresa que você vai escolher para a viagem, para garantir a segurança e conforto de sua calopsita.

No caso da viagem ser de ônibus

As empresas costumam aceitar animais de pequeno porte com a apresentação da GTA, qualquer dúvida, se informe com a companhia que irá realizar sua viagem.

Se a viagem for de carro

Se a sua calopsita está habituada a viajar em gaiola, tudo bem, porém se ela ainda não está habituada, é melhor você colocá-la em um transporte unitário para evitar que ela se machuque (aconselhamos utilizar a bolsa de transporte, pois é toda almofada e dessa forma a ave não vai se machucar caso se bata).

Viajando de carro com segurança

As bolsas de transporte são as mais indicadas para viagens curtas e passeios.

(Foto/Reprodução – Arquivo Pessoal - Universo das Calopsitas)

(Foto/Reprodução – Arquivo Pessoal – Universo das Calopsitas)

Se a viagem for de dia e o sol estiver quente é melhor você pensar em alternativas, pois o calor dentro do carro pode criar sérios problemas em sua ave.

ImportanteAlguns donos estão habituados a viajarem até mesmo com sua aves soltas dentro do veículo, não recomendamos! Essa opção pode ser extremamente perigosa com riscos de acidentes pelo condutor do veículo e até mesmo de alguém esquecer e abrir a janela e a ave fugir.

De qualquer forma, aconselhamos que você tenha em mãos a GTA porque a Polícia Florestal pode criar problema.

 

Cuidados ao utilizar a própria gaiola

Nesse caso, pode haver o risco de em uma freada brusca a ave perder o equilíbrio e cair do poleiro, podendo se machucar. Uma opção neste caso seria a retirada dos poleiros, obrigando sua ave ficar no fundo da gaiola. Neste caso, procure um pote menor e mais raso para deixar uma pequena quantidade de comida (ração) para ela, geralmente elas não costumam se alimentar durante a viagem, mas a comida deve estar á disposição. Quanto a água, retire o excesso de líquido para que não derrube no veículo, na gaiola ou na própria ave.

Retire balanços ou brinquedos que podem ficar balançando dentro da gaiola, eles podem assustar e machucar suas aves.

Peça ao condutor do veículo, dirigir calmamente, na velocidade limite da estrada e se atentando aos buracos ou depressões da pista. A prudência deve ser a mesma se houvesse um recém-nascido dentro do carro.

Tudo providenciado?? Boa Viagem!

Fonte:
Valéria Luiz -Universo das Calopsitas

Fotos: Fabiana Guimarães | Reprodução Instagram – @mydearpet | Facebook – mydearpetblog

 

Sobre a Calopsitas Betim

Equipe Calopsitas Betim 🐣🐥🐤

Deixe uma resposta

Últimas Postagens

Pagamento 100% Seguro

godaddy ssl calopsitas betim



%d blogueiros gostam disto: