SINAIS CLÍNICOS DE ALERTA – MUITA ATENÇÃO!!!

SINAIS CLÍNICOS DE ALERTA – MUITA ATENÇÃO!!!

images

ATENÇÃO! NOTA MUITO IMPORTANTE

Os veterinários afirmam que é muito comum nos consultórios, a entrada de uma ave muito debilitada e a afirmativa do proprietário de que tudo estava muito bem até o dia anterior… Ocorre muitas vezes que o animal demonstrou alguns sinais sutis de doença, mas passaram despercebidos pelo dono.

A capacidade de reconhecer estes sinais e como lidar com problemas de saúde emergenciais são assuntos muito abordados em vários sites e, em nossa página, não é diferente. Você pode encontrar em nossas NOTAS, um conteúdo extenso falando sobre diversos assuntos, mas aqui vamos chamar sua atenção para os sinais clínicos mais difíceis de serem reconhecidos e observados no dia a dia de nossas tão amadas calopsitas.

Você deve prestar muita atenção aos comportamentos anormais de sua ave, tais como:
•Ave encorujada (no poleiro ou no fundo da gaiola);
•Apatia;
•Perda ou aumento de apetite, etc.

images (2)

SINAIS CLÍNICOS MAIS DIFÍCEIS DE SEREM PERCEBIDOS
As aves escondem o máximo possível os sinais de doença, pois na vida selvagem, uma ave que se comporta como se estivesse doente, acaba tornando-se um alvo fácil para os predadores naturais, sendo morta facilmente. Por este motivo, aves tentam não revelar sua doença, comportando-se de forma normal o maior tempo possível.
Sendo assim, é necessária conhecer bem sua ave, ter muita perspicácia e atenção por parte do proprietário para reconhecer um problema de saúde através de modificações sutis do comportamento.

Converse com seu veterinário especialista em medicina de aves sobre estes sinais.

Uma observação de grande importância é que muitas aves continuam a se alimentar e a ingerir água mesmo estando doentes e, isso dificulta mais ainda a percepção de que algo está errado.

Destacamos alguns sinais importantes:

•Penas do corpo eriçadas;

•Mudanças bruscas de comportamento, como por exemplo, a ave que nunca foi mansa repentinamente tornar-se mais quieta e “amigável”.

•Cabeça inclinada: as causas mais comuns são traumas na cabeça (por exemplo, batidas durante o vôo), envenenamento por metal pesado (chumbo), infecções (no ouvido interno ou generalizadas) e tumores.

•Descoordenação: infecções, toxinas, tumores e deficiências vitamínicos fazem com que sua ave fique cambaleante.

•Fraqueza: se a sua Calopsita não consegue se manter no poleiro, pode ser sinal de infecção generalizada, nutrição deficiente (falta vitamina E ou selênio), fraturas, danos nervosos, artrite, falta de cálcio no sangue ou tumores.

•Paralisia das pernas: tumores abdominais, infecções, traumas, nutrição deficiente (falta vitamina E ou selênio), ovo preso ou danos nervosos.

•Convulsões: podem ser causadas por envenenamento, deficiência nutricional, epilepsia ou doença infecciosa.

•Aumento no consumo de água:
Um consumo excessivo de água pode indicar doenças graves, tais como: diabetes, doenças do fígado e rim, infecções urinárias.

Atenção, pois alguns fatores, podem fazer com que sua ave beba mais água, o que descartaria um problema mais sério.
Podemos destacar alguns fatores que podem fazer com que sua calopsitas beba mais água:
Estresse;
•Tempo quente;
•Aumento de atividade;
•Alimentação dos filhotes;
•Diarreia;
•Certos medicamentos (antibióticos).

Em média, as calopsitas ingerem em torno de 01 colher de chá de água no dia, mas pode variar. Mantenha sempre água limpa e fresca diariamente, troque ao menos 2 vezes/dia.

•Aumento de apetite:
Aumento de apetite sem razões aparentes pode indicar diabetes, vermes, problemas no pâncreas ou intestino. Aumento no gasto de calorias tais como: exercícios, postura de ovos e filhotes, aumentam a necessidade de ingestão de comida, especialmente proteínas. Em qualquer caso, havendo suspeita de doença, procure um veterinário.

•Fezes:
As fezes não devem cheirar mal, quando isso ocorre, pode ser sinal de infecções bacterianas. As fezes deverão ser sólidas e tubulares, enroladas ou não, particionadas ou não. Vamos criar uma nota específica sobre como observar e avaliar os excrementos de sua calopsita, em breve no blog.

LEVE IMEDIATAMENTE SUA AVE DE ESTIMAÇÃO AO VETERINÁRIO SE:

1. Convulsões ou a ave estiver inconsciente;
2. Houver sangramento;

3. Em caso de suspeita de fratura de ossos;

4. A ave parecer fraca e não responder a estímulos;

5. As penas estiverem arrepiadas;

6. A ave não estiver comendo ou bebendo água.

Atenção! Se qualquer um dos sinais clínicos acima estiver presente NÃO ESPERE. Leve seu animal ao veterinário IMEDIATAMENTE, não espere o pior acontecer!!!

images (1)

Fonte: Universo das Calopsitas

Deixe uma resposta

Últimas Postagens

Pagamento 100% Seguro

godaddy ssl calopsitas betim

Login Cliente:

%d blogueiros gostam disto: