PIOLHOS E ÁCAROS EM CALOPSITAS

PIOLHOS E ÁCAROS EM CALOPSITAS

PIOLHOS E ÁCAROS EM CALOPSITAS

 COMO PREVENIR E COMO TRATAR ?

Em ambiente natural é comum a presença de alguns piolhos brancos/amarelados, que, normalmente não são visíveis, sendo residentes naturais, que são até benéficos para os pássaros,pois removem células mortas das penas e pele e até determinadas bactérias.

Porém, em cativeiro, quando a higiene não é mantida, o acúmulo de sujeira e de fezes deixam o ambiente propício para o desenvolvimento de uma superpopulação de parasitas que passam a incomodar a ave. A situação pode ser tão séria que há casos de fêmeas que abandonam o choco por se sentirem incomodadas, embora, algumas espécies desses piolhos, não se alimentem do sangue dos pássaros.

Nas aves, os ECTOPARASITAS vão se subdividir em dois grandes grupos: PIOLHOS e SARNAS.

Esses piolhos e ácaros são subdivididos em CHUPADORES (sangue) ou MASTIGADORES (pena).

tmp_32712-images(8)-2037564299

Ovos de piolho Malófago,fixados nas hastes

central das penas da Calopsita.

Toda ave é susceptível à piolhos e ácaros. A melhor maneira de evitar é a prevenção e controle. Um outro fator muito importante é a quarentena de aves novas; os exames rotineiros e ter um acompanhamento de um profissional especializado.

Destacamos a importância da prevenção e controle, pois as infestações podem acontecer a qualquer momento. Infelizmente invasores como pardais e outros pássaros contribuem para o ressurgimento de parasitas .
Os nossos pássaros geralmente são infestados quando entram em contato com aves contaminadas (pardais, rolinhas ou pombas)que vivem soltas e que vem até as gaiolas em busca de comida, o que torna a prevenção um pouco mais difícil.

PIOLHOS:

Os piolhos, apesar do minúsculo tamanho, acabam trazendo grandes danos para os pássaros, podendo levar até a morte em casos mais extremos. Eles são parasitas que se localizam na superfície do corpo dos animais, sendo que nas aves podem ficar na pele,penas e até mesmo nas narinas, causando grande incomodo.

SINTOMAS:

Os pássaros ficam muito agitados, inquietos, coçando o corpo a todo o momento, tentando tirar algo das penas (os piolhos) que estão incomodando. As cerdas ficam com aspecto “roído”,quebradas, imperfeitas e sem brilho. Dependendo da quantidade de ácaros, podem comprometer o vôo.

Dependendo do grau de infestação, as aves podem apresentar um ou mais dos seguintes sintomas:

●Perda de Apetite;
●Irritabilidade;
● Lesões pelo corpo;
●Queda e perda do brilho das penas;
●Param de Cantar;
●Fraqueza e até mesmo a morte.

COMO OBSERVAR?

Para verificar se a ave está sendo atacada por ácaros, pegue-a e observe com a sua asa aberta contra a luz.

tmp_32712-images(3)-1441799129

PREVENÇÃO:

Todas as novas aves que adquirimos devem passar por uma quarentena, para observarmos se está com alguma doença ou comportamento estranho, evitando assim que entre em contato e contamine todo o plantel.
Ao percebermos a presença de algum pássaro infestado, devemos separa-lo dos outros imediatamente, se ele fica em uma gaiola individual deve-se trocar a gaiola e fazer o tratamento do pássaro e a desinfecção da gaiola.
Observar as frestas das gaiolas, como por exemplo, os encaixes dos poleiros, nestes locais os piolhos costumam se esconder.

Pássaros que tomam banho com frequência quase não apresentam infestações, pois dificulta a procriação dos piolhos.

TRATAMENTO:

Existem diversos medicamentos no mercado, caso você adquira algum siga a risca o que está prescrito na bula.
Procure sempre um veterinário de sua confiança para te orientar.

ÁCAROS:

Vários tipos de ácaros podem atacar as aves.

Alguns ácaros vivem nos brônquios, traqueia,fígado, rins e coração das aves.

Há o ácaro que causa inflamação nas patas e bico. Depois as inflamações desaparecem e forma-se um tecido esponjoso.

tmp_32712-images(5)91723897

●O ácaro do canhão faz as penas ficarem repletas de material seco e acumulado onde eles se encontram. As penas caem e pode haver inflamação. Eles atacam a base das penas,ocasionando a queda das mesmas, deixando a área onde estavam implantadas com aspecto crostoso. Este ácaro tem a cor castanho-escuro.

●Os ácaros vermelhos, parasitas que causam grandes problemas na reprodução, são os chamados piolhos vermelhinhos e só apresentam esta cor vermelha quando estão cheios de sangue, caso contrário, sua cor é pardo-acinzentada. Ele ataca o corpo da ave e causa sérios danos à criação. A grande infestação em uma ave provoca anemia e, se não for combatido, poderá causar a morte. Ele é chamado de vermelhinho e parasita, também, o homem.

tmp_32712-images(4)-1952643219

Alguns sintomas são:

●Penas caídas,emagrecimento, perda de apetite, tosse e liberação de muco sanguinolento da traqueia.
●Tristeza, mucosas pálidas, “emudecimento”, perda do apetite, a plumagem perde o brilho e as penas das asas e da cauda apresentam-se como se estivessem roídas.

Estes ácaros durante o dia escondem-se nas ranhuras dos poleiros, molas das portas e buracos na parede ou teto e ataca as aves à noite.

Se você desconfia que sua calopsita esteja com qualquer um dos ácaros citados, procure o veterinário para ministrar o melhor tratamento e que ofereça menor risco à sua ave.

ÁCAROS CAUSADORES DA SARNA:

• Acomete principalmente psitacídeos (periquitos), passeriformes e galiformes.

• A ocorrência da enfermidade relacionada à características individuais das aves (idade,predisposição genética, imunidade).

• Enfermidade de evolução e transmissão lentas.

• A transmissão entre aves de espécies diferentes pode ocorrer.

• Geralmente acomete áreas desprovidas de penas (bico, pálpebras e patas).

• Os parasitas penetram na camada corneificada da derme, cavam túneis e buracos e depositam os ovos.

• Provocam lesões e infecções secundárias.

tmp_32712-images(9)-1101449314

ÁCAROS DAS PENAS:

• Todo o ciclo ocorre na ave.

• Estes parasitas alimentam-se somente de estruturas das penas.

• Uma mesma ave pode ser infestada por várias espécies destes parasitas.

• Há parasitas que só infestam um tipo de pena,

• Há parasitas mais específicos que acometem partes das penas.

• Podem causar doenças.

• Em geral é apatogênico para espécies de aves que estão adaptadas, mas pode causar sérios problemas para espécies de hospedeiros não adaptadas.

• Nestes casos a ave apresenta-se irritada, pode perder penas.

• As penas podem perder o brilho e deixar de ficar sedosas.!

tmp_32712-images(6)-893716208

Deixe uma resposta

Últimas Postagens

Pagamento 100% Seguro

godaddy ssl calopsitas betim

Login Cliente:

%d blogueiros gostam disto: