Perigos Domésticos

tmp_19688-Calopsita-na-cozinha-1334595641

Perigos Domésticos

Perigos Domésticos cozinha: Se você acredita que o perigo está do lado de fora, está muito enganado!

Muitos acham que nossos animaizinhos estão a salvos dentro de casa e sob nossos cuidados, mas poucos não se atentam aos inúmeros e despercebidos perigos que nossa casa pode conter.

As maiores vítimas são principalmente, as aves que são criadas soltas dentro de casa, que andam livremente pelo chão e muitas vezes sem supervisão. Então você criador, desatento e/ou que deixa sua calopsita a vontade pela casa, é bom continuar lendo esse texto!!!
Janelas e portas abertas

Dos acidentes domésticos mais frequentes que existe, é a fuga de calopsitas, que por descuido do dono, em poucos segundos a ave voa longe e não volta mais. Aves que não tem as penas das asas aparadas, podem fugir facilmente, por isso, muito cuidado com janelas ou portas abertas.

Recomenda-se antes de tudo que mantenha as penas das asas aparadas e providencie de preferência, a colocação de telas de segurança específicas para calopsitas (malha 3). Se você quiser reforçar os cuidados, podem instalar também, aquelas telas anti-mosquito, além da tela de segurança habitual.

Exemplo de tela utilizada em porta. (Foto/Reprodução – Google)

Exemplo de tela utilizada em porta. (Foto/Reprodução – Google)

Aves soltas no chão

Outro perigo campeão de ocorrências é de aves que morreram sendo pisadas acidentalmente ou mesmo levaram um chute ou esbarrão, que foi suficiente para leva-las ao óbito. As calopsitas são rápidas, curiosas e quando criadas livres, andam soltas pela casa toda, daí vem você distraída e pisa nela. Não há chances dela sobrevier! Outro acidente é você chutar ou esbarrar nela andando… ela vem do nada e surge na sua frente… a pancada pode ser o suficiente para quebrar o frágil pescocinho dela. Por isso, evitem ao máximo deixar suas aves soltas no chão, para que arriscar?!

Os riscos de criar uma calopsita solta pela casa sem nenhum tipo de supervisão são enormes. (Foto/Reprodução: Flickr – karly)

Os riscos de criar uma calopsita solta pela casa sem nenhum tipo de supervisão são enormes. (Foto/Reprodução: Flickr – karly)

Janelas de vidro/espelho

Para janelas, recomenda-se colocar uma cortina fina para que elas saibam que existe uma barreira e não se batam no vidro se saírem voando. O mesmo pode acontecer com espelho em casa, quando estes refletem o que seria uma possível abertura para fuga. Uma batida forte em vidros, espelhos e paredes, pode causar danos neurológicos, quebra de ossos e até o bico, e até matar sua ave.

Uma cortina fina na janela pode prevenir acidentes com sua calopsita. ((Foto/Reprodução: Flickr – Zoya)

Uma cortina fina na janela pode prevenir acidentes com sua calopsita. ((Foto/Reprodução: Flickr – Zoya)

Portas – Ventos

Correntes de ar e vento forte podem fazer portas baterem, e estas além de assustarem sua ave, podem até prensar e esmagar e matar sua calopsita.

Uma boa alternativa para evitar que as portas batem e evitar acidentes é usar aqueles pezinhos para segurar portas. (Foto/Reprodução – Google)

Uma boa alternativa para evitar que as portas batem e evitar acidentes é usar aqueles pezinhos para segurar portas. (Foto/Reprodução – Google)

Crianças

Crianças ama calopsitas, tanto quanto nós. Mas acidentes acontecem…as crianças podem cair em cima da ave, pisar nelas sem querer ou apertá-las em demasia com as mãos e muitas vezes acabam dando pras calopsitas oque elas estão comendo (por exemplo: chocolate, salgadinhos e doces). Devemos levar em conta que as crianças não têm noção da sua força.

Temos que prestar atenção redobrada quando crianças estão por perto das calopsitas. (Foto/Reprodução – Daniel Queiroz |ND)

Temos que prestar atenção redobrada quando crianças estão por perto das calopsitas. (Foto/Reprodução – Daniel Queiroz |ND)

Outros animais

Cães pisam ou mordem, gatos seguem instintos de caça. Mesmo animais normalmente amistosos e sociáveis, podem machucá-las brincando com elas, por ciúmes pelo do dono, para afastá-la de algo que eles desejam e protegem ou agir por puro e natural instinto de cada ser. Evite a interação entre animais de espécie tão diferente, e quando fizer, sempre esteja supervisionando essas aproximações, evitando fatalidades que acontecem em questão de segundos.

Nunca deixe sua calopsita junto com outros animais sem supervisão. (Foto/Reprodução - Google)

Nunca deixe sua calopsita junto com outros animais sem supervisão. (Foto/Reprodução – Google)

Esconderijos

As calopsitas criadas soltas podem se esconder debaixo de almofadas, cobertas, atrás de portas e etc., muito cuidado para não sentar sobre elas, esmagá-las ou pisar em cima.

As calopsitas são curiosas e as vezes consegue se esconder os lugares mais improváveis, por isso, nunca deixe sua ave solta sem supervisão!

(Foto/Reprodução : Flickr – FloridaFliss)

(Foto/Reprodução : Flickr – FloridaFliss)

Ventiladores

Não deixe sua calopsita solta se pretende utilizar seu ventilador de teto. Ventiladores de chão, apenas os que possuem grades protetoras.

Muito cuidado ao ligar o ventilador de teto se sua calopsita estiver por perto. (Foto/Reprodução – Google)

Muito cuidado ao ligar o ventilador de teto se sua calopsita estiver por perto. (Foto/Reprodução – Google)

Objetos diversos

Outro acidente muito comum é a ingestão e engasgamento de aves por pequenos objetos que elas encontram espelhados pelo chão ou que foram arrancados de peças decorativas que temos em nossas casas. Estes objetos vão desde miçangas/contas, canetas (tinta tóxica), cordões, pedaço de madeira, pedrinhas e etc.

As calopsitas são muito curiosas e arteiras, qualquer coisa pode ser encarado como distração e brinquedo, mas se ingeridos acidentalmente, podem mata-las. Por isso que calopsita solta, apenas sob supervisão.
Um tipo de acidente muito comum de acontecer é a ingestão e engasgamento de aves por pequenos objetos que elas encontram espelhados pelo chão ou que foram arrancados de peças decorativas que temos em nossas casas.

(Foto/Reprodução – Katrina Davie

(Foto/Reprodução – Katrina Davie)

Afogamento

Calopsitas não sabem nadar, cuidado com tanques cheios, vasos sanitários, baldes de água, piscinas, etc. Sua ave pode cair propositalmente ou mesmo por acidente, em um momento que tenha levado um susto e saído voando. Mantenha tudo tampado!!!

Muitos casos de afogamento ocorrem quando calopsitas saem voando desgovernadas pelo quintal e caem dentro da piscina. (Foto/Reprodução – Walter Hoffmann)

Muitos casos de afogamento ocorrem quando calopsitas saem voando desgovernadas pelo quintal e caem dentro da piscina. (Foto/Reprodução – Walter Hoffmann)

Banho

Já temos uma nota específica sobre este assunto, mas vale ressaltar que, quando o banho for oferecido à sua ave, a água deve ser filtrada, deve estar em temperatura natural/ambiente e fora de corrente de ar. Não seria necessário informar que água quente pode machucar a ave. Água morna ou gelada, e corrente de vento, pode fazer a ave adoecer.

O recipiente com água não deve ter mais de 2 dedos de água e jamais passe qualquer produto em sua ave, como shampoos, perfumes e etc. as aves possuem um óleo impermeabilizante natural em suas penas, que as protegem e auxiliam de diversas formas, não queira passar nada e esfregar sua calopsita.

O banho deve acontecer de forma natural, nunca force sua calopsita a tomar banho. (Foto/Reprodução – Arquivo Pessoal)

O banho deve acontecer de forma natural, nunca force sua calopsita a tomar banho. (Foto/Reprodução – Arquivo Pessoal)

Tinta de parede / reboco

Não permita que sua calopsita picote, roa e coma reboco, cimento e tintas de parede. O reboco, assim como o cimento, podem fazer sua ave engasgar ou mesmo acumular no estômago estes materiais, acabando em cirurgia para retirada deles ou até em morte por intoxicação. Já com as tintas de parede não é diferente, em sua composição há chumbo, um metal altamente tóxico que mata sua ave sem você nem desconfiar pelo o que foi.

O reboco, assim como o cimento, podem fazer sua ave engasgar ou mesmo acumular no estômago estes materiais, acabando em cirurgia para retirada deles ou até em morte por intoxicação. (Foto/Reprodução – Google)

O reboco, assim como o cimento, podem fazer sua ave engasgar ou mesmo acumular no estômago estes materiais, acabando em cirurgia para retirada deles ou até em morte por intoxicação. (Foto/Reprodução – Google)

Brinquedos

Calopsitas precisam de diversão e distração e adoram brinquedos. Nós como donos, apaixonados, queremos agradá-las e presenteá-las, mas será que todos os brinquedos são seguros para seu amiguinho? Vamos ver os que oferecem perigos.

Grande parte das tintas contêm chumbo que oferece alto risco de contaminação, este tipo de contaminação pode se manifestar imediatamente ou, pode levar anos para mostrar seus danos, portanto evite brinquedos que sejam pintados. (Foto/Reprodução: Flickr – Vincent Hrovat)

Grande parte das tintas contêm chumbo que oferece alto risco de contaminação, este tipo de contaminação pode se manifestar imediatamente ou, pode levar anos para mostrar seus danos, portanto evite brinquedos que sejam pintados. (Foto/Reprodução: Flickr – Vincent Hrovat)

Acessórios de madeira pintados – Grande parte das tintas contêm chumbo que oferece alto risco de contaminação, este tipo de contaminação pode se manifestar imediatamente ou, pode levar anos para mostrar seus danos, portanto evite brinquedos que sejam pintados. Prefira madeira crua, além de seguros, não mancham suas aves com a descoloração e desgaste que fatalmente eles sofrerão. Caso não haja muitas opções a escolher, procure saber se a coloração usada é feita com corante alimentício, muito comum em brinquedos para aves, eles estão liberados, mas mancham o que encostar neles, quando umedecidos.

Sininhos e objetos de metal – Podem causar contaminação da ave, e engasgamento. Sem contar que oxidam.

Espelhos – Item muito adorado por elas e quase indispensável nas gaiolas e viveiros, fiquem atentos. Eles podem se quebrar com uma queda ou mesmo pelas bicadas das calopsitas. O vidro estilhaçado pode machucar severamente o animal, principalmente se for ingerido.

Fitinhas de cetim – Cuidado ao colocá-las nas gaiolas como enfeite ou distração, pois aos longo do tempo, elas vão desfiando e soltando finos fios, que podem desde enforcar ou cortar pés e pernas de sua calopsita, como a ingestão causar acúmulo no papo (polêmica do sisal). Se for usar estas fitinhas, tenha o cuidado de dar um nó bem apertado nas extremidades e observar sempre, pois as calopsitas têm verdadeira habilidade em desfazer os nós.
Atenção

Use o bom senso!!! Objetos com arames, pontiagudos, cortantes, não use! Vale também para qualquer brinquedo ou objeto de plástico que possa ser picotado por elas e ingeridos.

Cozinha

Há inúmeros perigos neste ambiente tão querido pela maioria, mas atenção aos principais deles:

Não cozinhe perto de sua calopsita, elas podem voar propositalmente ou assustadas, para dentro da panela, onde poderão se afogar, se queimarem em água ou óleo quente. Imagine a dor e sofrimento?!

A cozinha é um ambiente muito perigoso para calopsitas. (Foto/Reprodução: Flickr – Andrew Scott)

A cozinha é um ambiente muito perigoso para calopsitas. (Foto/Reprodução: Flickr – Andrew Scott)

Panela de teflon: Solta gás tóxico e mortal para aves. Não deixe sua calopsita no local onde está sendo usada panela de teflon e evite cozinhar qualquer alimento em panelas assim. Veja nossa nota que fala mais detalhadamente sobre intoxicação, vale a pena!!!

Forno Micro-ondas: Emite ondas nocivas para pássaros. Não deixe sua calopsita na cozinha quando usar o microondas.

O ideal é manter suas aves longe da cozinha, há tantos outros ambientes na casa que são mais adequados e agradáveis para sua calopsita.
Outros perigos…

Flores e plantas: Existem flores e plantas tóxicas para as calopsitas – leia nossa nota sobre intoxicação!

Material de limpeza: Calopsitas são muito xeretas, por isso, mantenha os materiais de limpeza fechados em armários. Tenha também muito cuidado enquanto faz faxina na sua casa, o indicado é retirar sua ave do ambiente, junto da gaiola e colocar em outro ambiente. Só retornar ao local de costume, quando estiver tudo seco e bem arejado. Alguns produtos causam intoxicação por via respiratória ou ingeridos indiretamente, isto é, aves criadas soltas e que andam pelo chão, acumulam resíduos em seus pés, outro perigo é delas comerem alguma sementinha ou grãozinho que tenha ficado perdido no cantinho do cômodo e tenha tido contato com estes produtos de limpeza.

Aerosóis: produtos aerosóis podem causar lesões pulmonares em sua ave. Retire a ave do ambiente, até que esteja bem arejado e livre de contaminação.
Importante

De forma geral, pense na sua ave como um bebezinho engatinhando, os perigos são praticamente os mesmos, utilize da lógica e bom senso!

Mas e se alguma coisa aconteceu, o que devo fazer???

Sempre iremos recomendar que procure imediatamente um veterinário, de preferência especialista em aves/animais silvestres, para buscar as recomendações iniciais para cada caso.
Assim como mães que tem um pediatra de plantão para atender aos seus filhos, inclusive nas emergências, é prudente e extremamente aconselhável que se tenha um bom veterinário para suas aves. Não espere para procurar alguém depois que o acidente ocorreu, na pressa e nervosismo, pode ser difícil achar um profissional e que atenda em horários fora do comum inclusive. Se você já tiver ao menos o contato de alguém, para quando e se for necessário, pode evitar a morte de seu animal, que dependendo do acidente, estará em choque, sofrendo dor neste meio tempo.

por Valéria Luiz _ Universo das Calopsitas

Deixe uma resposta

Últimas Postagens

Pagamento 100% Seguro

godaddy ssl calopsitas betim

Login Cliente:

%d blogueiros gostam disto: