Origem e história da raça

Sobre o Golden Retriever


Amigo de todos, o Golden Retriever é conhecido por sua natureza devotada e protetora como companheiro da família. É muito popular por ser dócil e amistoso com crianças, obediente e muito inteligente. É muito dócil com as crianças e com os seus donos. Bastante mimado não suporta a solidão durante muito tempo, se não habituado desde pequeno.
 

   Por vezes é preciso proteger o cão da criança de tão dócil que ele é! Adora comer, por isso convém ter cuidado para o cão não ficar obeso. Não apresenta quaisquer sinais de agressividade e tolera muito bem outros animais. Bastante inteligente, aprende facilmente qualquer ordem. Versátil, o Golden adapta-se perfeitamente ao estilo de vida do dono, até mesmo com locais pequenos.

   Quanto está em casa, procura sempre a proximidade dos familiares, mas da mesma forma pode ficar apenas deitado num canto observando o movimento ao seu redor.   Não é um cão de quintal, ele precisa de contato com os donos, isso é indispensável para o seu dourado. Ele vai fazer suas buscas esportivas também em apartamento, e anseia por um dia no campo. Ignorar sua natureza ativa e sua poderosa estrutura física pode levar a problemas de comportamento. Ele é louco para agradar e adora aprender. Os feitos de que Golden é capaz em obediência competitiva são impressionantes. Ele gosta especialmente de brincadeiras que envolvam buscas e adora trazer as coisas na boca, amam bolinhas!   Apesar de não ser um cão hiper-ativo, o Golden está sempre disposto à atividade, especialmente se for com o dono! Sua excelente resistência física faz com que possa acompanhar sua família em qualquer atividade, como passeios, caminhadas ou provas de agility. É um cão que precisa e adora fazer exercícios, além de ser um exímio nadador. Precisa ser ensinado desde pequeno para que não existam falhas em adulto!

Origem

   Um dos esforços mais casuais e melhor documentados para produzir uma raça deu origem ao Golden Retriever. O homem responsável pela raça foi Lord Tweedmouth, que viveu ao norte da fronteira da Escócia na região do Rio Tweed. Com o aumento do interesse por cães de busca em meados de 1800, era necessário um cachorro que conseguisse avançar em uma vegetação densa, enfrentar águas frias, nadar e fazer o resgate com cuidado.

História da raça

   Lord Tweedmouth cruzou o Nous, um Retriever de pelo ondulado e amarelado (descendente do pequeno Terra-nova e das primeiras raças de Labrador, usado por pescadores) com Belle, uma Tweed Water Spaniel (uma retriever de cor amarelo-escuro com pelo muito crespo). Eles geraram quatro filhotes, que prometiam ser excelentes cães para buscar aves em regiões altas. Foram feitos outros cruzamentos cuidadosos com retrievers pretos, Tweed Spaniels, setters e até um Bloodhound.  

No começo consideraram a raça como sendo uma variedade em tom amarelo (dourado) dos retrievers de pelo liso, mas depois a raça foi reconhecida como Golden Retriever em 1912. Alguns desses cães chegaram à América com os filhos de Lord Tweedmouth em 1900, mas o AKC só os registrou como raças separadas em 1927. A raça foi valorizada por suas habilidades de caça, produzidas pela cuidadosa mistura de seu material original. Só bem mais tarde se tornou popular com animal de estimação, cão de exposição e um competidor em obediência.

  Após essa transição, o crescimento da raça foi meteórico, e ela continua sendo uma das mais populares da América. Goldens parecem Labradores de pelo longo, mas tem o temperamento mais calmo e se adaptam melhor em apartamentos.

 Família: cão de caça, cão de busca
Grupo do AKC: Esportistas
Área de origem: Inglaterra
 Função Original: Cão de busca
Outros nomes: Retriever Amarelo
Posição no ranking de inteligência: 4ª posição

 

Utilização da raça nos dias de hoje


Atualmente, com a quase extinção do esporte da caça, o Golden Retriever é utilizado na maioria das vezes como cão de companhia. Ele é um cão forte, resistente e ativo e pode brincar ou realizar atividades físicas durante horas em qualquer tipo de clima. É um excelente cão de companhia para ciclistas, mochileiros e pessoas que gosta de correr ou caminha ao ar livre. Outras atividades nas quais o Golden Retriever se sai muito bem é a de cão-guia para cegos, de companhia para pessoas com algum tipo de limitação física, de cão farejador de drogas, além de outras finalidades.

Fonte: – “Golden Retriever – Guia prático do criador”