Acidentes Domésticos

 

Acidentes Doméstico

tmp_31032-Calopsita-andando-no-chão-da-casa-1600650674

Acidentes Domésticos: Já abordamos no site, em outra nota, sobre os perigos domésticos, agora vamos falar um pouco dos acidentes que estes perigos podem causar em sua ave.

Veja mais Sobre Perigos Domésticos AQUI!

Torção das patas

(Foto/Reprodução – Google)

(Foto/Reprodução – Google)

Infelizmente,um dos acidentes domésticos mais comuns, é a torção da pata. Isso geralmente ocorre quando a calopsita tem as asas mal aparadas, ou apenas uma das asas aparadas (perde o equilíbrio) e num momento de susto ela tenta voar, não consegue e acaba caindo, e dependendo de como for a queda, uma das consequências é a torção do pé.
Calopsita com torção na pata

 

Quando ocorre torção, fratura ou corte, com dor o pássaro evita a todo custo apoiar a pata machucada no chão e anda mancando. Independentemente da gravidade, a ave costuma ficar bem amuada e será necessária uma avaliação de um veterinário.

Isso também pode ocorrer com filhote novinho, que ainda não tendo bom equilíbrio, é colocado em gaiola com a grade de chão, propiciando pisar em falso ou enganchar seu pezinho na grade e acabar também em torção.

Quando ocorre torção, fratura ou corte, na dor o pássaro evita a todo custo apoiar a pata machucada no chão e anda mancando. Independentemente da gravidade, a ave costuma ficar bem amuada e será necessária uma avaliação de um veterinário (de preferência especialista em animais silvestres/exóticos) para averiguar o dano, e a recuperação pode levar dias.

Fratura das patas

Se algum acidente aconteceu e sua calopsita machucou a pata, não espere a situação piorar, leva-a ao veterinário. (Foto/Reprodução – Google)

Não é tão comum ocorrer a fratura das patas, e as vezes fica a dúvida se a ave apenas torceu ou faturou o membro. Muitas vezes, somente através de raio-X que um veterinário consegue avaliar se ocorreu uma fratura, por isso, diante de um acidente do gênero, leve sua calopsita a um veterinário para avaliação, para alguns casos, será necessário reposicionar o osso e utilizar tala antes que o osso comece a cicatrizar.
Se algum acidente aconteceu e sua calopsita machucou a pata, não espere a situação piorar, leva-a ao veterinário.

 

Machucados na região do peito

Esse tipo de machucado no peito da ave, geralmente é resultado de asas cujas penas foram aparadas de forma incorreta. Quando a ave se assusta, por instinto natural ela tenta voar, mas sem ter as penas para ao menos amortecer a queda, sem estabilidade e equilíbrio, ela inevitavelmente sofre um tombo e bate com o peito no chão. Ocorrendo isso, leve a ave a um veterinário o mais rápido possível.

Em casos de acidentes, leve sua calopsita ao veterinário o mais rápido possível. (Foto/Reprodução: Google)

Em casos de acidentes, leve sua calopsita ao veterinário o mais rápido possível. (Foto/Reprodução: Google)

Em aves, sempre procuramos evitar ministrar pomadas nas regiões do corpo onde há penas, pois o uso contínuo destas, pode dificultar o desenvolvimento das novas penas (o maior problema normalmente é o entupimento dos folículos – orifícios na pele por onde aflorará o canutilho, ou seja, a nova peninha), ou causar intoxicação por ingestão da pomada.

Importante

Alguns cuidados podem ser tomados para evitar esse tipo de acidente, o principal é aparar de forma correta as penas das asas, caso você não saiba como fazer isso, procure um bom veterinário, eles cobram muito pouco para fazer isso para você. Vale a pena!

Evite também deixa-las em seu ombro ou em locais com altura superior a 1 metro do chão, aproximadamente, pois no entusiasmo, fatalmente ela pode tentar pular novamente. Todo cuidado é pouco!!!

Machucado nas asas

As calopsitas se assustam facilmente, quando isso ocorre, a ave pode se debater na gaiola, ou se estiver fora dela, bater contra paredes, vidros de janela, etc, e dessa forma, pode vir a machucar partes de seu corpo, mas geralmente as asas são as mais atingidas. Isso pode ocorrer tanto em aves mansas como ariscas.

As calopsitas se assustam facilmente, quando isso ocorre, a ave pode se debater na gaiola e geralmente as asas são as mais atingidas.(Foto/Reprodução: Google)

As calopsitas se assustam facilmente, quando isso ocorre, a ave pode se debater na gaiola e geralmente as asas são as mais atingidas.(Foto/Reprodução: Google)

Quando há penas em crescimento nas asas, pequenas quedas podem atingir os canhões (parte da pena que em crescimento, contém muito sangue), eles se quebram facilmente e quando isso ocorre, sangram muito. As calopsitas com asas aparadas são as mais susceptíveis para este acidente, isso porque quando nasce uma pena nova, o canhão fica mais exposto sem a proteção das penas que foram aparadas, então as chances delas quebrarem são maiores.

Mesmo assim, ainda preferimos e recomendamos que mantenham as asas aparadas do que corram o risco delas fugirem, então veja as medidas que minimizam essas ocorrências: evite situações que a ave possa vir a se assustar, como por exemplo, animais por perto, movimentos bruscos, gritos, barulhos altos, uso de chapéu e óculos escuros, etc..

Outra recomendação, é ter nas gaiolas o mínimo necessário de poleiros e brinquedos, para evitar que a ave machuque.

Fratura nas asas

Este já é um acidente mais comum de ocorrer, principalmente dentro da gaiola, onde a ave que sofreu um susto ou sofre de pânico noturno, ao se debater, prende as pontas das asas entre as grades (malhas) da gaiola e quebra parte dela. Tendo alguma ocorrência deste tipo, leve sua ave o quanto antes a um bom veterinário, será necessário realizar um raio x do membro para averiguar os damos sofridos. A formação do calo ósseo depende do local da fratura na asa e o estado das pontas do osso quebrado, dependendo do caso, uma simples imobilização pode resolver o problema, mas muitas vezes torna-se necessário cirurgia para a colocação de pino ou fixador externo.

Caso nada seja feito, ou se for adotada a técnica errada ou o procedimento for feito de modo incorreto, a asa ficará caída e impedirá da ave voar plenamente, sem contar a dor que sua calopsita sofrerá.

Traumas

Traumas podem ocorrer como resultado de perfuração, esmagamento, fraturas ou batidas. Estas lesões podem variar na sua gravidade, desde a perda da ponta do bico, como o bico inteiro, por exemplo. É um assunto sério e deve ser considerado como emergência.

Importante

Por isso, recomendamos todo o cuidado com seu pássaro, evitando situações que gerem acidentes, seja por queda, batida, como acidentes envolvendo outras aves, animais e crianças.

por Gláucea Gama_ Universo das Calopsitas

 

Sobre a Calopsitas Betim

Equipe Calopsitas Betim 🐣🐥🐤

1 Comentário

Deixe uma resposta

Últimas Postagens

Pagamento 100% Seguro

godaddy ssl calopsitas betim



%d blogueiros gostam disto: